terça-feira, 1 de agosto de 2017

Rumo à Madeira... de Barco, é claro!


Proposta inovadora de ligação da Madeira ao Continente - Barco "Armas" de Machico ao Porto!
Isto não é complicado, só fere interesses instalados de senhores vilões, não da população madeirense.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Início do Breshit

Com a morte de Helmut Khol e nova liderança de França, a Alemanha e a Inglaterra enterram a sua liderança ideológica numa bosta económica liberal que apenas prejudicou o sonho do grande reunificador da Alemanha, que porventura hoje seria devidamente mais europeu que alemão. Merkel apareceu na cena política pela mão de H. Khol, e porque apenas se preocupou com a supremacia financeira alemã, em prejuízo da solidariedade económica europeia, estagnou a progressão sonhada pelo seu próprio mentor. A Inglaterra pela mão de T. May, apologista da negociação dura com a UE na saída do Reino Unido da coesão europeia, apenas enfraqueceu a posição de liderança que a Inglaterra poderia atingir se tivessem aderido ao Euro, escolhendo ao invés, uma suposta posição no mundo igual à idiotice que Trump ambiciona para os E.U.A. Surge assim na perfeita das conjunções de circunstância, a possibilidade de uma Fénix Renascida das cinzas para a UE, o renascer do sonho de Mário Soares e outros que ambicionaram para a Europa, uma União de facto, tanto económica como social, uma força mobilizadora democrática e progressista capaz de influenciar os destinos da Paz com uma força militar autónoma como defende o presidente Macron, A França qualifica-se hoje não só como a maior potência militar europeia, mas como a luz motivadora do renascer do sonho europeu. Uma nova UE, de 27 países que terão de compreender que o progresso e bem estar da Europa pode significar um mundo melhor, sem as ambiguidades tanto dos EUA como da Inglaterra para com outros povos do globo. Hoje é pois, um dia histórico para a União Europeia. Começa com o Brexit... a merda, da saída da Inglaterra do seio mais próximo dos seus aliados naturais. Enfim, uma ilha repartida em reinos desentendidos, que ainda pensa ser um reinado imperial  "continental". Pobre Grã-Bretanha!

terça-feira, 20 de junho de 2017

Hey, Qual é a Jogada?


A notícia são as personalidades? jornalistas?

terça-feira, 21 de março de 2017

O Gajo do Eurogrupo



Parece que anda por aí um gajo, que está à frente dos países que usam o euro, que mais parece um burro louro do norte (não da Suécia) que um ministro de finanças. Diz ele que os países do sul da Europa, ou seja, os países mais fracos economicamente, “gastaram o dinheiro em mulheres e vinho”. Em português diz-se; em putas e vinho verde.
Ora, esta besta quadrada, depois de perder as eleições no seu país, o país da rua mais  turística de prostituição, o mesmo país que no tempo do nosso Camões fazia fortuna em piratear barcos espanhóis e a atacar territórios indígenas de fraca defesa, esta besta engravatada, foi para a Alemanha implorar que o mantivessem no cargo de Presidente do Eurogrupo, dando uma entrevista a um jornal dos povos da cerveja.
Ora, como se não chegasse já o ministro alemão das finanças, mais conhecido cá por o “cadeirinhas”, expert que quase deixou afundar o maior banco alemão, temos agora este idiota holandês que é pior que o nosso “doutor” Relvas que pelo menos teve a honra de se demitir do cargo. Mas este bronco da terra dos moinhos, quer continuar num cargo que só pode ser ocupado por alguém que faça parte de um governo… e ele perdeu as eleições! De governo só se for governar uma casa (que por vezes é barco)  de tias holandesas; cá não dizemos governar, diz-se  “chular”.
 Até parece o Passos que ainda pensa que é o chefe da nação, e até nisto é pior, pois pelo menos Passos Coelho não perdeu nas eleições.
Esta UE estará condenada no seu futuro, sempre que camelos desta categoria, estiverem na frente dos comandos. Até mesmo um camelo percebe quando deve estar calado e poupar o fôlego para a travessia do deserto. Parece que este tipo (no sentido de género, imbecil) ainda não percebeu que está contaminado pela estirpe da demência de Trump, a nova doença que grassa pelo mundo do liberalismo económico, com germinação nas políticas instituídas por Tatcher e Reagan, que deram o poder aos míopes da economia de organizarem uma sociedade financeira de escravos ao serviço de 1% de ricos babados e gananciosos. Assim vai a Europa unida para a desagregação e possíveis guerras intestinas. Não esqueçam que tudo começou com a recusa da Alemanha em ajudar solidariamente a Grécia com o seu défice de 129% do PIB… em 2009, e hoje temos o Brexit, e gajos que não dão uma (bem dada) para a caixa. Umas bestas, que nunca foram às gajas… Saudades do Bocage, daria o parlamentar europeu que a UE precisa!

segunda-feira, 20 de março de 2017

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Nuclear na Fronteira Espanhola NÃO

Próximo à fronteira portuguesa, os espanhóis pretendem prolongar no tempo um perigo nuclear.
A luta contra a energia nuclear vem dos anos setenta... 4 décadas depois e no fim de vida das Centrais Nucleares, os antigos cartazes da Revolução de Abril, continuam a fazer sentido.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

O Circo Presidencial Americano

No, We Can´t...  No more Trump´s again!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

sábado, 7 de janeiro de 2017

Mário Soares 1926-2017

 Mário Soares e Júlio Pomar - partiram do Saudoso Portugal
SOARES fez da LIBERDADE UMA ARTE e da DEMOCRACIA UMA VONTADE
pela Revolução de Abril e do Povo Português

domingo, 1 de janeiro de 2017